16.4 C
Lagoa Dourada
Início Educação Trabalho voluntário pode ser critério para ingresso em faculdade

Trabalho voluntário pode ser critério para ingresso em faculdade

Ilustração: Freepik.

Um Projeto de Lei (PL) tramita no Senado, com a proposta de incluir os serviços voluntários como critério de seleção das universidades. Se aprovada, a proposta passa a valer para candidatos a graduação, pós graduação, mestrado, doutorado e cursos de especialização.

O PL 3875/2020 “acrescenta um novo parágrafo ao art. 44 da Lei 9.394, de 1996, que trata das bases da educação nacional”, conforme publicado pela Agência Senado. O autor da proposta justificou ao veículo de notícia estatal que “é dever do legislador fomentar a educação no nosso país, com a busca de um aperfeiçoamento da sociedade por meio de leis que prestigiem um mundo melhor.”

Este tipo de avaliação é comum em universidades norte-americanas. A especialista em universidades do exterior, Cristina Vieira, afirmou à Agência que as instituições estadunidenses “se preocupam em aprovar estudantes que saibam conviver com as diferenças. Assim, mesmo que estejam em busca de notas interessantes, o mais importante é ter em sua escola seres humanos interessantes.” Sua opinião foi citada na justificativa do senador.

É considerada voluntária qualquer atividade não remunerada, prestada a uma entidade privada sem fins lucrativos, ou entidade pública de qualquer natureza, desde que tenham objetivos cívicos, culturais, educacionais, científicos, recreativos ou de assistência a pessoa, como foi divulgado na TV Senado.

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 6,9 milhões de brasileiros, com 14 anos ou mais, prestaram algum serviço filantrópico em 2019. Em média, essas pessoas trabalham por 6,6h na semana, e 79,6% são de entidades religiosas, sindicatos, condomínios, partidos políticos, escolas, hospitais ou asilos.

Comentários

Online agora

Visitas até hoje

  • 152.287