17.1 C
Lagoa Dourada
Início COVID-19 Paciente internada se recupera - Boletim epidemiológico 24/07

Paciente internada se recupera – Boletim epidemiológico 24/07

A lagoense que foi a 11ª infectada pela COVID-19 na cidade já não apresenta mais sintomas da doença. Ela esteve internada na Santa Casa de São João del-Rei.

Segundo o Informe Epidemiológico da Secretaria de Saúde desta sexta-feira (24), no município são 144 notificações, 152 testes negativos e 20 casos confirmados, dos quais 17 já se recuperaram, um segue em acompanhamento, e dois vieram a óbito.

Confira o detalhamento dos casos positivos:

CASO 1: Paciente do sexo feminino, 45 anos, moradora do Bairro Centro. Recuperada.

CASO 2: Paciente do sexo feminino, 44 anos, moradora do Bairro Centro. Recuperada.

CASO 3: Paciente do sexo masculino, 46 anos, morador do Distrito dos Melos, com histórico de viagem. Recuperado.

CASO 4: Paciente do sexo masculino, 77 anos, morador do Distrito do Diamante, veio a óbito.

CASO 5: Paciente do sexo feminino, 49 anos, morador do Distrito dos Melos, sem histórico de viagem. Recuperada.

CASO 6: Paciente do sexo feminino, 48 anos, moradora do Distrito do Arame. Recuperada.

CASO 7: Paciente do sexo feminino, 45 anos, moradora do Distrito do Diamante. Recuperada.

CASO 8: Paciente do sexo masculino, 26 anos, de Lagoa Dourada e que reside em outro estado. Recuperado.

CASO 9: Paciente do sexo masculino, 45 anos, morador do Distrito do Arame. Recuperado.

CASO 10: Paciente do sexo masculino, 22 anos, morador da Cachoeira dos Forros. Recuperado.

CASO 11: Paciente do sexo feminino, 64 anos, moradora do Bairro Gamarra. Recuperada.

CASO 12: Paciente do sexo masculino, 90 anos, morador do Distrito das Bandeirinhas. Veio a óbito.

CASO 13: Paciente do sexo masculino, 58 anos, morador do Bairro Gamarra. Recuperado.

CASO 14: Paciente do sexo masculino, 42 anos, morador do Bairro Centro. Cumprindo isolamento domiciliar.

CASO 15: Paciente do sexo feminino, 46 anos, moradora do Distrito do Arame. Recuperada.

CASO 16: Paciente do sexo feminino, 55 anos, moradora do Sítio Novo. Recuperada.

CASO 17: Paciente do sexo feminino, 57 anos, moradora do Distrito das Bandeirinhas. Recuperada.

CASO 18: Paciente do sexo feminino, 40 anos, moradora do Bairro Centro. Contato domiciliar com paciente positivado, já se encontrava em isolamento domiciliar. Recuperada.

CASO 19: Paciente do sexo feminino, 34 anos, moradora do Bairro Centro. Contato domiciliar com paciente positivado, já se encontrava em isolamento domiciliar. Recuperada.

CASO 20: Paciente do sexo feminino, 18 anos, moradora do Bairro Centro. Contato domiciliar com paciente positivado, já se encontrava em isolamento domiciliar. Recuperada.

Dados do Boletim

A Secretaria Municipal de Saúde de Lagoa Dourada divulga os dados respeitando os seguintes critérios:

NOTIFICADOS- O número de notificados não representa o número total de casos. São os casos que apresentem qualquer sintoma relacionados a gripe, ou seja, a menos que haja necessidade, não são realizados testes nos casos notificados. Eles são notificados apenas por exigência do Governo de Minas, mas, normalmente, não são qualificados como casos que precisam ser feitos testes.

EM ANÁLISE- Casos que tiveram contato com pessoas que contraíram o vírus e seguem em observação.

DESCARTADOS- São “descartados” os casos de pessoas que fizeram exame laboratoriais e tiveram resultado negativo ou que fizeram teste rápido e não foi detectado o vírus. Quando há o aumento significativo, de um dia para o outro, no número de descartados significa que os casos foram descartados por meio de teste rápido e por isso não constaram, anteriormente, como análise.

CONFIRMADOS- Constam como “confirmados” os casos de pessoas que fizeram exame laboratoriais e tiveram o resultado positivo ou que fizeram o teste rápido e foi detectado o vírus.

EM MONITORAMENTO- São os casos que aguardam o resultado dos exames laboratoriais para o COVID-19. Podem ser realizados dois tipos de exames, através de análise do sangue (sorológicos) ou da haste, coletando secreções do nariz ou boca. Os resultados desses tipos de exames demoram alguns dias para ficarem prontos. Também podem ser realizados os testes rápidos que detectam ou não a presença do vírus no organismo. O teste rápido fica pronto no mesmo dia em que é realizado e por isso não não consta nos casos “em análise” nos boletins, uma vez que não há espera pelo resultado.

Comentários

Online agora

Visitas até hoje

  • 75.189