19 C
Lagoa Dourada
Início Economia Lançamento do PIX tem mais de um milhão de cadastros no primeiro...

Lançamento do PIX tem mais de um milhão de cadastros no primeiro dia

O Banco Central do Brasil (BCB) lançou o PIX, um sistema de pagamento eletrônico com abrangência em todo o Brasil. O sistema foi inaugurado oficialmente nesta segunda-feira (5), mas somente para cadastro. Ele entrará em funcionamento no dia 16 de novembro.

O PIX possibilita que pessoas físicas e microempreendedores individuais realizem transações comerciais sem taxação. Apenas as instituições financeiras terão o direito de impor tarifas sobre as movimentações feitas com o programa.

Os usuários devem fornecer ao sistema informações como CPF, número de telefone celular e o endereço de e-mail. Estes dados são denominados de chave. No primeiro dia de cadastro, mais de 1 milhão de pessoas enviaram suas chaves, o que chegou a causar congestionamento no sistema.

Segundo o site Tecmundo,vários bancos estão oferecendo prêmios para clientes que cadastrarem suas chaves em suas instituições. O Santander oferece isenção de juros de dez dias por mês no limite da conta, e dois prêmios de R$ 1 milhão, um para pessoa física e outro para pessoa jurídica. O Banco do Brasil fará 30 sorteios de R$ 30 mil, 5 de R$ 50 mil e 2 de R$ 100 mil. Cada chave cadastrada aumenta as chances do cliente. O Nubank dará 6 prêmios de R$ 20 mil e 5 de R$ 50 mil.

O BCB anunciou a criação do PIX em coletiva de imprensa, em fevereiro de 2020. Em seu site, o banco destaca que os pagamentos instantâneos podem ser efetuados nos seguintes casos:

  • entre pessoas (transações P2P, person to person)
  • entre pessoas e estabelecimentos comerciais, incluindo comércio eletrônico (transações P2B, person to business)
  • entre estabelecimentos, como pagamentos de fornecedores, por exemplo (transações B2B, business to business)
  • para transferências envolvendo entes governamentais, como pagamentos de taxas e impostos (transações P2G e B2G, person to government e business to government)
  • pagamentos de salários e benefícios sociais (transações G2P, government to person) e de convênios e serviços (transações G2B, government to business).
Comentários

Online agora

Visitas até hoje

  • 172.549