25 C
Lagoa Dourada
Início Educação Inep altera forma de avaliação para ingresso em universidade

Inep altera forma de avaliação para ingresso em universidade

Novo sistema oferece outra forma de entrada no ensino superior, mas o ENEM continua valendo. Foto: Ana Carolina Moreno/G1

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) anunciou ontem (16) mudanças na forma como estudantes de ensino médio poderão ingressar em cursos de nível superior. Além do tradicional Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), será levada em conta a prova do Sistema de Avaliação da Educação Básica (SEAB).

Com a mudança o SEAB passará a ser anual, e incluirá todas as matérias da grade curricular, e não mais somente as disciplinas de Matemática e Português. Segundo o G1, as provas são aplicadas atualmente para alunos do 2º, 5º e 9º ano do fundamental, e do 3º ano do ensino médio. A alteração inclui alunos de todos os níveis no teste.

O novo critério irá se basear no desempenho dos estudantes nos três anos do ensino médio. Conforme a publicação do Estado de Minas, a implementação do plano será iniciada com os alunos do 1º ano em 2021, que poderão entrar em universidades após a conclusão do ensino médio, em 2023.

De acordo com o site UOL, este sistema já havia sido adotado em algumas instituições, como a Universidade de Brasília. Estudantes que têm melhor desempenho na etapa final da educação básica possuem ingresso garantido em uma faculdade, sem a necessidade de outros testes adicionais.

Comentários

Online agora

Visitas até hoje

  • 242.027