30.1 C
Lagoa Dourada
Início Cidade Dados da UFSJ apontam aumento dos casos de COVID-19 em Lagoa Dourada

Dados da UFSJ apontam aumento dos casos de COVID-19 em Lagoa Dourada

Imagem: kjpargeter / Freepik.

Efeitos negativos da gradual reabertura do comércio na região já estão sendo observados em algumas cidades. Lagoa Dourada é uma delas, que apresentou novamente um aumento no número de casos. A projeção de especialistas, lançada ontem (9), aponta para um crescimento neste número.

As informações são de um estudo realizado pelo Núcleo de Ensino, Pesquisa e Extensão em Economia (NEPE), da Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ). De acordo com os dados estatísticos, Lagoa Dourada e outras três cidades da microrregião onde o órgão é sediado tendem a apresentar mais ocorrências do COVID-19.

Os números de amostragem foram recolhidos nos dias 19 e 26 de agosto, e 2 e 9 de setembro. Foram levadas em conta informações disponibilizadas pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais. Em São João del-Rei, os dados foram extraídos diretamente da Secretaria Municipal de Saúde.

A média de evolução de novos casos na cidade subiu de 0,29, no dia 2 de setembro, para 0,71, no dia 9. Os outros municípios que apontam crescimento são Prados, Barroso e São João del-Rei. Neste último, a média atual é de 4 contágios por caso.

Dos demais municípios da microrregião, apenas Ibituruna não registrou nenhum caso em todo o período do experimento. São Tiago, São Vicente de Minas, Piedade do Rio Grande e Madre de Deus de Minas não apresentaram novos pacientes infectados nas duas últimas datas levantadas.

Comentários

Online agora

Visitas até hoje

  • 133.006