25 C
Lagoa Dourada
Início Cidade Copasa se manifesta sobre água escura em Lagoa Dourada

Copasa se manifesta sobre água escura em Lagoa Dourada

A Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) se manifestou sobre a água escura que saiu de algumas torneiras na cidade, no fim do mês passado. A Vigilância Sanitária Municipal emitiu um ofício à fornecedora na época, questionando o motivo da alteração.

Na data, além de enviar o ofício, a prefeitura encaminhou a amostra ao Sistema de Informação de Vigilância da Qualidade da Água para Consumo Humano (SISAGUA). A então referência técnica do programa, Aparecida Resende Campos, afirmou que eram realizadas coletas mensais para verificar a qualidade da água. As amostras eram testadas em um laboratório em São João del-Rei.

Contudo, o laboratório está fechado há meses. Boa parte dos recursos estaduais foram destinados à Brumadinho, onde ocorreu o rompimento da barragem. Somado à pandemia, isso tem mantido o laboratório fora de funcionamento, o que impossibilitou a checagem.

A resposta do ofício chegou hoje (8) à administração municipal. Segundo a Copasa, o escurecimento da água ocorreu devido a redução do abastecimento, causada pelo aumento do consumo durante a onda de calor. A companhia tem realizado campanhas no município para reduzir os gastos entre a população, como forma de evitar que o incidente se repita.

Em casos como esse, é importante que os cidadãos entrem em contato diretamente com a Copasa pelo número 115, ou através do seu site. A quantidade de pessoas pode ser determinante na forma como a empresa irá abordar a questão.

Documento encaminhado à prefeitura em resposta ao ofício. Imagem: Humberto Queiroz / Vigilância Sanitária Municipal.
Comentários

Online agora

Visitas até hoje

  • 242.095